segunda-feira, 31 de maio de 2010

Quinta do Seival Castas Portuguesas 2006


Brasil, Campanha Gaúcha. Miolo Wine Group elabora este tinto com um corte, em igual proporção, das portuguesas Tinta Roriz e Touriga Nacional. Maturação ocorre em barricas novas de carvalho francês durante 12 meses. 14% vol álc.

Sobre as castas, podemos dizer que surgem nos tintos de muitas das regiões vitivinícolas das terras lusas, sendo a Touriga Nacional um dos ícones dos tintos do Douro, aliás, é boa tarefa encontrar um exemplar sem a sua prsença. Por outro lado, a Tinta Roriz é muito comum nos tintos do Dão.

Bela cor rubi, densa, com pouco brilho - quase opaca. Tinge a taça.

Nariz rico e empolgante. Frutas vermelhas e negras, amora, mirtilo, cereja, framboesa. Compota. Baunilha. Especiarias, cardamomo, noz moscada.

Em boca mostra-se vigoroso, encorpado, quente, tâninos de qualidade, porém ainda verdes, rústicos. Após 1 hora de aeração ainda amarrava bem a boca. Acalmou-se com a companhia da comida. Acidez bem presente, marcante, muito refrescante e bem integrada aos taninos. Conjunto harmônico, já dá prazer, mas alguma maturidade lhe fará bem. Retrogosto marcado pelo frutado, com as outras nuances muito discretas. Longo.

Cheio de tipicidade lusa, traz um pouco do nosso terroir, principalmente a acidez, e tem, ainda, um pézinho na modernidade. À mesa, já se comporta muito bem e hoje foi companhia certeira para joelho de porco, estufado lentamente na cerveja e lombo suíno assado com especiarias. Neste momento, creio que pratos potentes lhe serão melhor parceiros, a partir da maturidade irá bem com pratos mais delicados também. Deverá fazer papel digno ao lado de um bom bacalhau com azeite e batatas.

Sem dúvida, estamos diante de um dos melhores vinhos feitos no Brasil. Promessa de vida longa, não me estranharia encontrá-lo no auge daqui há uns 5 ou 7 anos, podendo estar inteiro além disso.

Boa compra, preço de mercado ao redor do R$ 60, este me foi encaminhado pela Sociedade da Mesa por R$ 38.

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Marcus,ainda não recebi a minha remessa deste mês da Sociedade da Mesa. Estou ancioso pra provar este vinho tão elogiado e comentado. Quando provar vou postar meu comentário sobre ele.
Um Abraço, Rômulo Lôbo.
www.golesedicas.blogspot.com

Rômulo Lôbo disse...

Estou curioso pra degustar esse vinho.

Marcus disse...

Opa Rômulo... A Sociedade da Mesa leva mesmo um pouco mais de tempo nas remessas para fora de SP. Em Brasília também passei por isso.

A boa notícia, neste caso, emho, é que a espera será recompensada por um belo vinho. Entre os nacionais selecionados por eles, o melhor, sem dúvidas.

Abs.,
Marcus

Alguns outros posts interessantes...