segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Razón 2005

Este forasteiro de Rioja é elaborado por Bodegas Benito Escudero a partir de um corte de 70% Tempranillo e 30% Garnacha, com estágio de 6 meses em barricas de carvalho americano. 14% vol álc.

Rubi, denso. Em nariz, madeira muito bem integrada aos aromas naturais do fruto, com frutas vermelhas e negras maduras (amora, framboesa), canela, especiarias, complexo, com alguma profundidade. Em boca, equilibrado, corpo médio, taninos bem encaixados, acidez média, confirma canela e alguma especiaria, com frutado ao fundo. Longa persistência retronasal. 25+. Nada de álcool, nem boca, nem nariz, apesar do elevado volume. Abriu muito depois de 1 hora de aeração, o que indica que a decantação é uma boa opção.

Digo que este é um forasteiro pois não segue as normas tradicionais de Rioja e, portanto, não se enquadra com um DOCa e é, assim, classificado com um “vino de mesa de Rioja”. Mas o que, em princípio, pode indicar baixa qualidade, é, na verdade, uma estratégia desta Bodega para elaborar um vinho capaz de chegar mais pronto e acessível ao mercado, mas que, ao mesmo tempo, consegue manter algumas das distintas características dos vinhos de Rioja.

Está em bom momento de consumo, aliás, não creio que crescerá muito além de um ano, apesar de poder se manter por mais tempo. Esta foi a segunda garrafa num intervalo de dez meses e esta segunda está mais complexa, porém menos intensa em aromas. Posso dizer que está mais ao estilo que eu gosto, mas talvez não agrade àqueles que gostam de vinhos mais “bombásticos”.

Vai bem à mesa, ou sozinho. Acompanhou Ratatouile e Picanha assada sobre cama de legumes. Brincou com os dois pratos, pro meu paladar, foi melhor com a carne. Deve ir bem, também, com pratos mais delicados.

Importado pela Cava de Vinhos, este best buy, de preço abaixo dos R$ 40,00, foi comprado em SP na Bodega MK 17. Em Brasília creio que pode ser encontrado na Umami da 303 Sul.

2 comentários:

Jeriel disse...

Marcus,

Gostei do post. No começo do ano ganhei uma garrafa e irei abri-la, porque não tinha conseguido nenhuma informação desse vinho. Agora que sei alguma coisa vou experimentá-lo, me parece um vinho "curioso".

abraço

Jeriel

Marcus disse...

É um vinho mais do que curioso. Ele é interessante mesmo e entrega muito mais do que estamos acostumados a receber em vinhos desta faixa de preços.

Não espere por um Rioja Reserva, mas é provável que encontre mais do que o comum para um jovén ou para um crianza desta DOCa.

Não deixe de postar suas impressões depois de degustá-lo.

Valeu pela visita.

Abs.,
Marcus

Alguns outros posts interessantes...