sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Vinho do Porto contra a gripe pneumônica – H1N1

{{Potd/2005-11-8 (en)}}Image via Wikipedia

Há um século, quando Portugal sofreu com a gripe pneumônica (que pelo radical é da mesma família da que chamamos hoje de “gripe suína”), os bombeiros do distrito de Régua, após socorrerem as pessoas infectadas, bocejavam um gole de Porto e punham fora e degustavam o restante do cálice, não como comemoração, pois motivos não havia, mas sim como desinfectante, e deu certo. Não há registros de infecção entre estes bombeiros.

Em tempos de gripe renovada, será que o vinho do Porto continua com o mesmo efeito? O que dizem os médicos e especialistas?

Fonte: Lusowine (http://www.lusowine.com/displayarticle5030.html)

2 comentários:

Daniel Perches disse...

Marcus
Não sei o que os médicos dizem, mas eu sei que vou seguir essa receita! :)

Um abraço

Daniel Perches
www.vinhosdecorte.com.br

Marcus disse...

Daniel,

Mal não fará msm, certo? E ainda alegrará a alma... Logo, já estará fazendo bem...

Valeu pela visita.

Abs.,
Marcus

Alguns outros posts interessantes...